Licenciatura em Engenharia de Sistemas Informáticos

Diurno e Pós-laboral

A Licenciatura em Engenharia de Sistemas Informáticos tem como objetivo formar técnicos qualificados na área da engenharia informática com aptidões para a conceção, implementação e manutenção de sistemas informáticos, através de uma formação com uma forte vertente prática nas áreas de programação de aplicações e de sistemas, arquitecturas de computadores, redes de comunicações, sistemas de informação e sistemas de conhecimento.

  • Testemunhos

    Célio Carvalho

    Voltar a estudar passados 20 anos de vida ativa obrigou, sem dúvida, a sacrifícios na minha vida pessoal e profissional. No entanto, os ganhos em termos de realização pessoal e de consolidação de conhecimentos ao nível profissional fazem com que, passados três anos de dedicação ao mundo académico, possa dizer com convicção que valeu a pena.

    Quando iniciamos a nossa vida profissional acabamos sempre por usar mais uma ou outra tecnologia, mais relacionada com a área informática específica da entidade empregadora. Voltar a estudar fez com que tivesse contacto com outras tecnologias menos usadas, ou até desconhecidas. Na vida ativa, enfrentamos diariamente problemas dos mais variados tipos. E hoje sinto que o leque de soluções possíveis para cada um desses problemas é substancialmente maior.

    Do IPCA lembrarei, no futuro, a qualidade e a disponibilidade do corpo docente para apoiar o aluno em qualquer momento ou matéria.

    Senior Technician & Technical Specialist PRIMAVERA BSS

    TIC – Sócio e Gerente desde 1996

  • Saídas Profissionais

    • Desenvolvimento de serviços e portais Web em ambientes distribuídos e móveis
    • Gestão de redes de computadores e comunicações
    • Consultoria, assessoria e gestão de projetos informáticos em empresas dos setores industrial, comercial ou de serviços
    • Implementação de sistemas de apoio à decisão e de processamento
    • Comercial na área dos equipamentos informáticos
  • Nota do último colocado

    Diurno: 128,4*

    Pós-Laboral: 106,5*

    *Nota do último estudante colocado no ano letivo 2016/2017

    Não dispensa a consulta do site oficial do Acesso ao Ensino Superior (DGES):

  • Condições de acesso

    Um dos seguintes conjunto de provas:
    • Matemática
      ou
    • Economia e Matemática
      ou
    • Física e Química e Matemática
    Preferência regional
    Área de influência: Braga, Porto e Viana do Castelo.

    30% de vagas.
    Número de Vagas:
    Diurno: 25

    Pós-laboral: 20
  • Estrutura curricular

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    Linguagem de Programação I 6 1
    Algoritmos e Estruturas de Dados I 6
    Análise Matemática 6
    Matemática Discreta e Álgebra Linear 6
    Arquitectura de Computadores 6
    Fundamentos de Física 6 2
    Estatística 6
    Métodos Numéricos 6
    Algoritmos e Estruturas de Dados II 6
    Linguagem de Programação II 6

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    Redes de Computadores 6 1
    Sistemas Analógicos e Digitais 6
    Análise e Projecto de Sistemas 6
    Sistemas Operativos e Sistemas Distribuídos 6
    Processamento de Linguagens 6
    Visão por Computador 6 2
    Cálculos 6
    Processamento de Sinal 6
    Armazenamento e Acesso a Dados 6
    Interface Homem-Máquina 6

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    Integração de Sistemas de Informação 6 1
    Criptografia e Segurança Informática 6
    Inteligência Artificial 6
    Engenharia de Software 6
    Gestão de Projectos de Engenharia 6
    Sistemas Embebidos e de Tempo Real 30 6 2
    Empreendedorismo e Criação de Empresas 3
    Sistemas de Apoio à Decisão 6
    Multimédia e Tecnologia Web 3
    Projecto/Estágio 12

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Consultar aqui a Estrutura Curricular e o Plano de Estudos.

  • Parceria

    est_lesi

  • Mais informações