Licenciatura em Engenharia Informática Médica

Diurno

A Licenciatura em Engenharia Informática Médica prepara recursos humanos na área da engenharia informática com competências na área do desenvolvimento, implementação e manutenção de sistemas de informação, com ênfase em sistemas de saúde. Desenvolvimento de sistemas inteligentes, programação e integração de sistemas são também competências largamente desenvolvidas.

O licenciado em Engenharia Informática Médica possui uma visão completa e integrada da gestão de unidades que prestam serviços de saúde nomeadamente sobre informação, integração, comunicação, segurança, ética e investigação clínica. Entre as competências desenvolvidas, destacam-se as capacidades de planear, desenvolver, manter e avaliar: registos eletrónicos de pacientes e sistemas de telemedicina; equipamentos clínicos inovadores para monitorização, diagnóstico e terapêutica; sistemas de processamento, interpretação e comunicação de imagem biomédica; sistemas de instrumentação médica e análise do sinal biológico; Sistemas inteligentes no apoio à decisão clínica; sistemas de gestão e prática hospitalar; integração de sistemas clínicos, redes de dados de saúde que suportem estudos epidemiológicos

  • Saídas Profissionais

    • Hospitais, clínicas, centros de saúde e outras unidades de saúde aplicando soluções de tecnologias de informação;
    • Autoridades de saúde governamentais, nomeadamente regiões e sub-regiões de saúde;
    • Centros de investigação e desenvolvimento de produto;
    • Unidades da indústria farmacêutica;
    • Empresas fornecedoras e de consultores de sistemas e tecnologias de informação, em particular na área da saúde;
    • Empresas de desenvolvimento de software e serviços de software.
  • Ação Social

  • Nota do último colocado

     

     

  • Condições de acesso

    Provas de ingresso

    Um dos seguintes conjuntos:

    • 16 Matemática

    Ou

    • 16 Matemática e 02 Biologia e Geologia

    Ou

    • 16 Matemática e 07 Físico-Química

    www.dges.mctes.pt

    Nos termos da Deliberação n.º 1233/2014 da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, os exames finais nacionais são válidos como provas de ingresso no ano da sua realização e nos dois anos seguintes

  • Estrutura curricular

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    Programação Imperativa 60 6 1
    Matemática Discreta e Álgebra Linear 60 6
    Cálculo 60 6
    Teoria dos Circuitos Eléctricos 60 6
    Fundamentos de Medicina I 60 6
    Física Aplicada 60 6 2
    Estrutura de Dados Avançadas 60 6
    Arquitetura de Computadores e Sistemas Operativos 60 6
    Eletrónica 60 6
    Fundamentos de Medicina II 60 6

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    Armazenamento e Acesso a Dados 60 6 1
    Programação Orientada a Objetos 60 6
    Redes de Computadores 60 6
    Bioelectricidade 60 6
    Bioestatística 60 6
    Programação de Bases de Dados 60 6 2
    Programação WEB 60 6
    Análise e Projeto de Sistemas 60 6
    Comunicações de Dados 60 6
    Bioinstrumentação 60 6

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Unidades Curriculares HC ECT Semestre
    Gestão de Sistemas de Informação 30 3 1
    Inteligência Artificial 60 6
    Registo Clínico Electrónico 60 6
    Análise de Séries Temporais 60 6
    Integração de Sistemas Clínicos 60 6
    Gestão de Unidades de Saúde 30 3
    Engenharia de Software 60 6 2
    Sistemas de Apoio à Decisão 60 6
    Processamento de Imagem Biomédica 60 6
    Estágio/Projeto 320 12

    HC - Número de Horas de Contato     ECTS - Créditos ECTS

    Plano de Estudos: AQUI

  • Parceria

  • Mais informações

  • Avaliação/Acreditação

    Acreditação A3E’s

    Estado: Acreditado

    Número de Anos de Acreditação: 6

    Data da Publicação:  12-07-2018

     

    Registo DGES

    Estado: Registado

    Número Registo: R/A -Cr 87/2018

    Data do registo: 01-08-2018